21 de nov de 2011

Pornografia: A Maldição da culpa!

pornografia-maldicao-culpa
Em 26 anos de pastorado, o mais perto que eu havia chegado de ser demitido da Igreja Batista Bethlehem foi em meados da década de 1980, depois de escrever um artigo intitulado Missões e masturbação para nosso boletim. Eu o escrevi ao voltar de uma conferência sobre missões presidida por George Verwer, presidente da Operação Mobilização. No evento ele disse como seu coração pesava pelo imenso número de jovens que sonhavam em obedecer completamente a Jesus, mas que acabavam se perdendo na inutilidade da prosperidade americana.

Mordi a maçã. E agora?



Vacilei, fiz besteira, viajei, acabei fazendo tudo que eu não queria.
O pior é que amo a Deus e quero agradá-lo. Não é por querer, mas sempre caio, sempre erro, e depois me sinto como o pior ser humano no mundo. Sou um pecador que precisa de misericórdia, dia após dia.
Quem passa por isso levanta a mão.
Não morder a maçã é amar a Deus.

Declaração de Fé das Igrejas Batistas da Convenção Batista Brasileira



Declaração de Fé das Igrejas Batistas da
Convenção Batista Brasileira
Para os batistas, as Escrituras Sagradas, em particular o Novo Testamento, constituem a única regra de fé e conduta, mas, de quando em quando, as circunstâncias exigem que sejam feitas declarações doutrinárias que esclareçam os espíritos, dissipem dúvidas e reafirmem posições. Cremos estar vivendo um momento assim no Brasil, quando uma declaração desse tipo deve ser formulada, com a exigência insubstituível de ser rigorosamente fundamentada na Palavra de Deus. É o que faz agora a Convenção Batista Brasileira, nos 19 artigos que se seguem:

Período de Acusações

Todos nós passamos por períodos de acusações manobrados pelo Diabo naqueles que aceitam suas manobras. Passei por dois essa semana.

No primeiro caso o ciclista do mercado próximo de minha casa veio trazer compras, fui olhar a bicicleta dele que estava na rua, logo vi vários vizinhos na rua e entendi desnecessário tomar conta da bicicleta. Quando retorno, com o portão aberto, vejo minha bomba de encher pneu de bicicleta colocada em posição que a danificaria, retiro dali e coloco no cesto da minha bicicleta e logo ouço uma voz vinda da rua dizer "Que negócio estranho". Era um homem fofoqueiro pensando que subtraí algo do entregador. O fofoqueiro ficou esperando até que o entregador saísse para falar com ele. Fiquei tranquilo pois o entregador nos conhece bem e não cairia na conversa do fofoqueiro.

Mania de Debate

Algumas pessoas tem mania de debate, ou embate, teológico. Talvez até eu já tenha caído nisso pensando ser construtivo ou útil, motivado talvez por padrões de mídia, ou mesmo incentivado pela convivência, entretanto Jesus não nos chamou para o debate mas para pregar e ensinar.

Talvez possa-se considerar o debate uma forma de ensino e seria de fato desde que houvesse interesse em aprender para desenvolver ideias. Nos debates atuais enfatiza-se a provocação contra ideias bíblicas com vistas a promover ideias antibíblicas.

O mistério do caroço na Cereja em conserva

Cherry Stella444Uma das coisas que nunca vemos é caroço em cereja de conserva, pelo menos eu nunca vi, até hoje. Ao comer um generoso bocado de bolo de chocolate feito por minha esposa, resolvi comer uma cereja, então pensei "essa cereja vai me fazer mal", entretanto não foi o previsível que me impressionou foi o imprevisível: um caroço na cereja.
Cheguei até a duvidar se era caroço de cereja mesmo ou se alguém botou caroço de outra coisa pra me enganar mas até agora ainda acredito que era caroço de cereja. O caroço de cereja virou assunto do momento.

José, o sonhador

Há dois José importantes na Bíblia, o primeiro é o Filho de Jacó que foi governador do Egito e tinha o dom de interpretar sonhos. O segundo era José, cujo pai também se chamava Jacó, marido de maria e pai terreno de Nosso Senhor Jesus Cristo.

É interessante notar que ambos os José eram justos. O que se tornou governador do Egito sofreu o cárcere injustamente por evitar o adultério com a esposa